Se inscrever

header ads

Polícia Militar do Ceará se revolta com governador e começa paralisação


Grupos da Polícia Militar do Estado do Ceará iniciaram uma greve na noite desta terça-feira (18/2), em Fortaleza. O motivo foi insatisfação com reajustes salariais propostos pelo governador Camilo Santana (PT).

Policiais dos bairros de Antônio Bezerra e Monte Castelo aderiram à greve. Companhias de cidades do interior também estão aderindo, Juazeiro do Norte, Canindé, Itapipoca e Sobral já sinalizaram positivamente à paralisação dos policiais.

No bairro Monte Castelo, em Fortaleza, no Ceará, um grupo de mulheres murchou os pneus das motos e viaturas dentro da Cia do Raio.

Enviar um comentário

0 Comentários