Se inscrever

header ads

Justiça determina afastamento da prefeita e de secretário de Joca Claudino, PB, por 180 dias

Resultado de imagem para Justiça determina afastamento da prefeita e de secretário de Joca Claudino, PB, por 180 dias
A Justiça da Paraíba determinou o afastamento da prefeita e do secretário de transportes do município de Joca Claudino, no Sertão do estado, pelo prazo de 180 dias. A decisão foi tomada com base em uma denúncia de improbidade administrativa feita pelo Ministério Público estadual.

O G1 tentou entrar em contato com a Prefeitura de Joca Claudino, mas até as 15h10, as ligações não foram atendidas.
Prefeita afastada de Joca Claudino, Jordhanna Lopes dos Santos Duarte — Foto: Prefeitura de Joca Claudino/Divulgação
Conforme o processo, Jordhanna Lopes dos Santos Duarte e Cezar Campos Duarte não enviam o transporte escolar da rede pública para vistoria no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) desde o ano de 2018 e os veículos apresentam irregularidades.

“O pedido de afastamento da prefeita e do secretário fundamentou-se em perpetuação das abusividades no exercício do cargo, especificamente, na negligência em sanar uma ilegalidade de vários anos que está diretamente relacionada à segurança de crianças e adolescentes no transporte escolar”, justificou o juiz Francisco Thiago.

Em 2019, Jordhanna Lopes dos Santos Duarte também foi afastada do cargo por não pagar os salários dos servidores municipais por pelo menos seis meses.

No primeiro afastamento, a Justiça também determinou o bloqueio do valor equivalente a 60% de toda a verba recebida pela prefeitura para garantir o pagamento dos servidores municipais efetivos. Ela retornou ao cargo após uma decisão tomada pelo Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB).
 
Prefeitura de Joca Claudino, PB — Foto: Prefeitura de Joca Claudino/Facebook

*G1 PB

Enviar um comentário

0 Comentários