Vigilante baleado durante tentativa de assalto em Mossoró, morre no Hospital


 121
O vigilante Manoel Avelino de 51 anos de idade, morreu na madrugada desta sexta-feira 01 de maio de 2020, em um dos leitos do Hospital São Luiz, em decorrência de disparos de arma de fogo sofrido no mês de janeiro desse ano. A ocorrência foi registrada no dia 17 de janeiro na Rua Marechal Deodoro, próximo a antiga Base Integrada Cidadã (BIC), no Bairro Paredões em Mossoró, na região Oeste Potiguar.

Manoel Avelino, estava com sua moto, parado em frente a uma residência da família, quando foi abordado por dois criminosos, que chegaram de motocicleta e anunciaram um assalto. O cidadão, ficou assustado e levou a mão ao bolso, tentando esconder o celular, mas acabou sendo baleado. Os bandidos fugiram e não levaram nada da vítima. 

O vigilante recebeu atendimento do Samu no local e foi conduzido para o Hospital Regional Tarcísio Maia. Na semana passada ele foi transferido do HRTM para o Hospital São Luiz e na madrugada desta sexta-feira (01) acabou não resistindo e foi a óbito naquela unidade hospitalar. O corpo de Manoel Avelino deverá passar por exames no Instituto Médico Legal do Itep.

Com mais um homicídio registrado em Mossoró, a cidade passa a contabilizar 65 assassinatos no ano de 2020. O caso que estava sendo investigado pela Delegacia Distrital, deverá passar para a responsabilidade da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), por se tratar de um latrocínio (Roubo com consequências de morte).

*Fim da linha

Enviar um comentário

0 Comentários