Se inscrever

header ads

Pelo menos 10 pessoas são presas no Sertão da PB em ação para reduzir homicídios na região

Força-tarefa da força policial aconteceu nas cidades de Patos, Itaporanga, Catolé do Rocha e Cajazeiras.
Homicídios foram registradaos na zona rural de Catolé do Rocha, no Setão paraibano, no fim de semana — Foto: Beto Silva/TV Paraíba
Depois de uma operação integrada das forças policiais da Paraíba, deflagrada na quarta-feira (22), pelo menos 10 pessoas foram presas no Sertão paraibano. As ações aconteceram nas cidades de Patos, Itaporanga, Catolé do Rocha e Cajazeiras.

Foram presas três pessoas em Patos, por homicídio e tráfico de drogas. Em Catolé do Rocha foram presas duas pessoas com pistolas. Na cidade de Cajazeiras, outras duas pessoas foram presas com armas de fogo e, em Itaporanga, cinco pessoas com armas e drogas.

A operação envolveu as Polícias Civil e Militar, utilizando também o helicóptero Acauã em Patos, além do Corpo de Bombeiros. Essas ações têm o objetivo de conter os índices de homicídios na região do Sertão, que tem apresentado altos índices ao longo de 2020.

Nos primeiros seis meses do ano, Catolé do Rocha registrou 30 homicídios e os números chamaram atenção da Polícia Civil que, no início de julho, iniciou uma força-tarefa envolvendo agentes de investigação, agentes operacionais e escrivães do Grupo Operacional Especial (GOE) e das 1ª e 2ª Superintendências Regionais de Policia Civil da Paraíba, de João Pessoa e Campina Grande, respectivamente.

Também em Catolé do Rocha, uma chacina aconteceu em um final de semana, quando seis pessoas, em 24h, foram mortas, no mês de junho. Depois que foi iniciada a força-tarefa, não foi registrado nenhum homicídio em 30 dias.

A população pode contribuir com o trabalho da Polícia Civil realizando denúncias através do Disque Denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e as denúncias podem ser feitas anonimamente. (Fonte: G1PB).

Acompanhe “Foco Pé Na Cova”: Instagram – Facebook Youtube
Publicidade

Enviar um comentário

0 Comentários