Se inscrever

header ads

INSPIRAÇÃO: Da zona rural para a faculdade de medicina; a linda história da menina do Sítio Areias, em Pau dos Ferros/RN.

Vamos começar a semana inspirando vidas. Abaixo uma história de vida em plena transformação. Sonhe, você vai chegar lá!

"Uma das coisas que mais tenho orgulho na minha vida é de ter crescido em um sítio, porque aqui foi onde aprendi sobre a simplicidade da vida.

Foi aqui também onde frequentei a minha primeira escola, aos 3 anos de idade. Assim como as outras crianças, eu ia a pé e tenho nitidamente essa memória na cabeça.

Quando eu tinha 7 anos a escolinha do sítio fechou e eu fui estudar na cidade. Acordava às 5h da manhã, entrava em um carro pau-de-arara e só voltava ao meio-dia. Era cansativo, mas eu amava de verdade estudar, sem nenhuma romantização.

Esse homem da foto, o meu pai, é um verdadeiro exemplo. Ele me ensinou sobre bondade e sabedoria. Lembro muito bem quando ele dizia: minha filha, a maior riqueza que a gente tem na vida é a saúde e a felicidade. Dinheiro nenhum no mundo compra isso. Eu cresci com esse legado e isso ninguém nunca vai roubar de mim.

Lembro da minha época de estudos. Quando quase todo mundo da cidade tinha computador e internet. Aqui no meu sítio nem internet pegava. Meus pais, então, foram vendendo coisas que eles tinham para comprar um notebook e colocar internet aqui por meio de um modem.

Desde criança eu sabia claramente o que queria da vida: estudar. E eles investiram em mim. Meu pai me apoiava em tudo, tirava o que tinha e o que não tinha pra me proporcionar isso.

Me recordo muito bem de quando pedi a ele um curso de informática. Ele não só deu um jeito de pagar a mensalidade, como saiu do sítio para a cidade para me deixar. Tiveram também muitas coisas que eu deixei de aprender por eles não terem condições de me proporcionar.

Mas hoje olho para tudo isso, me emociono e sinto orgulho desse homem que segura essa enxada, bem como da minha mãe, que sai do sítio para fazer faxina na cidade toda semana.

Eu venho de baixo e é aos de baixo que servirei com a minha profissão.

Essa missão eu carrego no peito.

Leidejane Alves de Souza tem 21 anos, é natural do Sítio Areias, zona rural de Pau dos Ferros, e estuda medicina em Alagoas.

Fonte: Grupo Cidadão 190



Enviar um comentário

0 Comentários