Se inscrever

header ads

Teto de galpão desaba na Grande Natal; uma pessoa morre e nove ficam feridas

Caso aconteceu na tarde desta quarta (21) em São Gonçalo do Amarante.

Bombeiros e socorristas do Samu resgatam feridos em desabamento na Grande Natal — Foto: CBM/Cedida

Pelo menos uma pessoa morreu e outras nove ficaram feridas, sendo duas em estado grave, após o teto de um galpão desabar nesta quarta-feira (21), na Grande Natal, segundo o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros.

A estrutura metálica do telhado de um galpão, onde estava sendo construído uma fábrica de móveis, desmoronou no início da tarde e atingiu os trabalhadores. A vítima fatal foi identificada como Genildo Batista, de 48 anos.

O caso aconteceu na Rua Ex-combatente Miguel Lúcio do Nascimento, localizada na comunidade de Uruaçu, em São Gonçalo do Amarante. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, três equipes foram deslocadas para a ocorrência. A corporação também afirmou que ainda não sabe o que teria causado o desabamento da estrutura.

Sete ambulâncias do Samu foram enviadas ao local para socorrer os feridos. Seis vítimas foram levadas para o Hospital Walfredo Gurgel. Uma outra, com lesão no tórax, foi conduzida ao Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal.

Outros dois foram conduzidos por meios próprios para outras unidades de saúde.

Teto de galpão desabou e deixou um morto e nove feridos em São Gonçalo do Amarante — Foto: Neto Pires

A direção do Walfredo Gurgel informou, às 17h50, que três vítimas "necessitaram de procedimentos cirúrgicos, inspiram cuidados, mas são considerados estáveis". As outras três são casos leves que se encontram em observação.

"A gente costuma seguir sempre um protocolo em acidentes com múltiplas vítimas dando prioridade aos que estão mais graves", explicou o médico Ícaro Paulo, do Samu, que trabalhou no resgate das vítimas.

"Como se trata de um desabamento, basicamente os ferimentos mais importante foram na região da cabeça e do tórax, lesões que causam maior preocupação", concluiu.

Inicialmente, o bombeiros haviam confirmado uma morte e três feridos, mas o número de vítimas foi atualizado às 14h40.

Vítima fatal tinha três dias de trabalho

A vítima fatal foi identificada como Genildo Batista, de 48 anos, que morava na comunidade de Jacaraú, em São Gonçalo do Amarante. Segundo a família, esse era o terceiro dia de trabalho de Genildo na obra.

"Hoje era terceiro dia hoje, ele começou na segunda-feira. Hoje em dia com todo mundo desempregado, então ele estava bem contente", contou o pai de criação Natanel de Souza Batista.

Estrutura metálica do teto desabou, durante construção em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. — Foto: CBM/Cedida

Natanael falou que Genildo foi abandonado por volta dos 13 anos de idade e ele passou a criá-lo. "Ele não é daqui, é da Paraíba. Deixaram ele abandonado há mais de 30 anos", falou.

Genildo deixa dois filhos. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) fez o recolhimento do corpo, que vai passar por necropsia.

Fonte: G1 RN e Inter TV Cabugi



Enviar um comentário

0 Comentários