Se inscrever

header ads

Maldade: Natália Bonavides é única deputada do RN a votar contra punição mais rígida para quem mata policiais

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (19), por 314 a 96, um projeto de lei que determina que sejam recolhidos “preferencialmente” em cadeias federais os condenados e presos provisórios por assassinato de policiais e de seus cônjuges e parentes até terceiro grau. Da bancada potiguar, apenas a deputada federal Natália Bonavides, do PT, é que votou contra.

O texto aprovado acrescenta dispositivos a uma lei de 2008, para prever que os assassinos enquadrados nesta hipótese de homicídio qualificado sejam “preferencialmente recolhidos em presídio federal”.

Fonte: Robson Pires




Enviar um comentário

0 Comentários