Se inscrever

header ads

Polícia Civil prende suspeito de participação em explosão de cofre de posto de combustíveis no RN

Outro membro da quadrilha morreu durante confronto com policiais. Investigações apontam que grupo já realizou cerca de 11 ações criminosas no RN desde fevereiro.

Polícia civil apreendeu armas, explosivos e munição durante a operação "inflamáveis" nesta quinta-feira (2). — Foto: Cedidas pela Polícia Civil

A Polícia Civil realizou uma operação e conseguiu prender um dos suspeitos de participação na explosão do cofre de um posto de combustíveis na madrugada desta quinta-feira (2), no conjunto Cidade Satélite, no bairro de Pitimbu, na Zona Sul de Natal. Outro suspeito, que seria o explosivista da quadrilha, morreu durante o confronto.

De acordo com a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), durante a operação denominada "inflamáveis", ainda foram apreendias armas, munição e explosivos.

O delegado titular da Deicor, Erick Gomes, informou que as investigações foram iniciadas há cerca de oito meses. As investigações apontam que a organização criminosa é composta por potiguares e paraibanos.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os envolvidos são suspeitos de participação em, pelo menos, 11 ações criminosas no RN desde fevereiro deste ano, sendo nove explosões em cofres de postos de combustíveis e duas em bancos.

Seis homens foram presos na última terça-feira (30), na cidade de Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba, com armamento, munições, explosivos e materiais de confecção de explosivos, suspeitos de explodir e roubar bancos e postos de combustíveis. De acordo com o delegado Erick Gomes, as prisões fazem parte da mesma investigação.

A operação foi intitulada como "Inflamáveis" em razão da periculosidade da ação dos envolvidos. As investigações contam com o apoio da Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte.

 g1 RN



Enviar um comentário

0 Comentários