Mutirão entrega carteiras de identidade com nome social para 70 pessoas trans e travestis no RN

Ação foi realizada nesta segunda-feira (31) no encerramento da Semana da Visibilidade Trans realizada pelo governo do estado.

Mutirão para emissão de identidades com nome social para pessoas trans foi realizado nesta segunda-feira (31) no RN — Foto: Suzie Chagas


Um mutirão para emissão gratuita do RG Biométrico com nome social para pessoas trans e travestis atendeu 70 pessoas da capital e do interior do estado na segunda-feira (31), segundo o governo do Rio Grande do Norte


“Com esse novo documento, a população trans e travesti poderá ser reconhecida por sua identidade de gênero, sem a necessidade de emitir uma carteirinha especial, e, assim, ter garantido o direito de usar o nome com o qual se identifica, evitando constrangimentos e outras situações discriminatórias no atendimento em órgãos públicos ou privados”, disse a titular da Secretaria das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Semjidh), Júlia Arruda.


Para Ícaro Moura, homens trans atendido na ação, a medida representa um sentimento de libertação.


"Para algumas pessoas, homens e mulhers cis, esse documento pode ser somente um pedaço de papel. Mas para nós que somos trans, é muito importante, pois tira esse sentimento de medo de estar mostrando um documento. Nos dá mais firmeza, mais liberdade de apresentar nossa identidade e sermos tratados como nós somos e gostamos de ser tratados", declarou.

Emissão de carteira de identidade no RN — Foto: Suzie Chagas


A ação ocorreu como encerramento da Semana da Visibilidade Trans, promovida pelo governo e aconteceu em parceria o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e o Centro Municipal de Cidadania LGBT de Natal.


O novo RG Biométrico foi lançado em dezembro pelo Governo do Estado e vai substituir a atual carteira de identidade. O documento conta com coleta digitalizada da fotografia, impressões digitais e assinatura, além de conter um volume maior de informações.


Dados como número da CNH, Cartão SUS, tipo sanguíneo, Carteira de Trabalho, alergias, CPF e Título de Eleitor podem ser incluídos, evitando que a pessoa precise portar vários documentos ao mesmo tempo.


g1 RN




Enviar um comentário

0 Comentários