Mulheres assaltam família e batem carro das vítimas em muro ao tentar fugir da polícia em Mossoró

Dupla foi presa em flagrante na noite desta quinta-feira (6) e é suspeita de outros assaltos na cidade, ao longo dos últimos dias.

Durante perseguição da PM, suspeitas bateram o carro no muro de um terreno na RN-015, em Mossoró. — Foto: Cedida/ PM


Duas mulheres foram presas em flagrante pela Polícia Militar após tomarem um carro de assalto e se envolverem em um acidente na noite desta quinta-feira (6) em Mossoró, na região Oeste potiguar. De acordo com a Polícia Civil elas são suspeitas de vários crimes na cidade.


A dupla realizou um assalto no bairro Aeroporto por volta das 19h30. De acordo com o delegado que atendeu a ocorrência, Roberto Moura, elas abordaram uma família que chegava em casa.


Além do carro, elas tomaram pertences dos ocupantes e até de um morador de outra casa que estava do lado de fora no momento da abordagem.


As mulheres fugiram no carro modelo Gol de cor branca. Na fuga, elas se depararam com uma viatura da PM que fazia patrulhamento próximo à BR-304, no bairro Nova Betânia.


Os policiais receberam através do rádio informações sobre as características e a placa do carro e começou uma perseguição.


As mulheres foram seguidas pela viatura e tentaram entrar na RN-015, que dá acesso ao município de Baraúna, mas perderam o controle do carro e bateram de frente no muro de um terreno às margens da rodovia.

A PM apreendeu duas armas, além de celulares e objetos pessoais das vítimas. — Foto: Cedida / PM


Segundo a PM, um delas permaneceu no carro e a outra ainda tentou fugir pulando o muro do terreno, mas também foi presa. Com a dupla, os policias encontraram celulares e carteiras das vítimas, além de duas armas de fogo.


Elas foram encaminhadas à delegacia, onde foram reconhecidas por algumas vítimas. “Elas são suspeitas de vários assaltos nos últimos dias em Mossoró. Foram presas e autuadas em flagrante”, informou o delegado Roberto Moura


As mulheres foram encaminhadas à Penitenciária Mário Negócio.


g1 RN



Enviar um comentário

0 Comentários